Banda Euterpe, Portalegre / Média

Notícias

19/07/2018

Maestro Henrique Ruivo deixa Banda Euterpe depois de 15 Anos Memoráveis

Depois de 15 anos ao serviço da Banda da Sociedade Musical Euterpe (SME) e da cultura portalegrense, o Maestro Henrique Ruivo deixará a direção artística da filarmónica da cidade no final de julho. O último evento sob a sua direção será o II Estágio de Orquestra de Sopros da SME, a decorrer entre os dias 23 e 28 deste mês.

Chegou a Portalegre em 2003 com a difícil tarefa de dar uma nova vida à “velhinha” Banda Euterpe que procurava por essa altura uma renovação e o restabelecer de alguns laços perdidos com a população da cidade. Poucos meses depois, o grupo começava a dar novos sinais de vitalidade com a organização do seu primeiro Festival de Bandas Filarmónicas, um evento que não mais parou.

Somaram-se espetáculos de grande sucesso como o concerto pedagógico, com a participação do Maestro António Victorino d'Almeida, "Estórias de Amor", com a colaboração da Companhia de Dança de Lisboa, ou o concerto de 2008 com a participação de solistas do Coro do Teatro Nacional de S. Carlos. Mais recentemente, é difícil esquecer «Filmes em Concerto», «50 Anos de Canções» ou «Cordas em Fil(h)armonia».

Mas este trajeto não se resume apenas a espetáculos: foram milhares de horas de ensaios, uma Escola de Música que se transformou com o passar do tempo e toda uma geração de músicos que aprendeu e cresceu sob a sua direção. Uma marca que será reconhecida no espetáculo de aniversário da Euterpe, no próximo dia 1 de dezembro, no qual será feita a devida homenagem a este percurso de enorme sucesso.

Natural da Arrentela e a viver há muitos anos no Montijo, o Maestro Henrique Ruivo sai agora da Euterpe para poder dedicar mais tempo à sua família, deixando um legado que jamais será esquecido e a certeza que terá em Portalegre uma segunda casa.

Maestro Henrique Ruivo